Planetas de Star Wars – Rakata Prime (Canônico e Legends)

CANÔNICO – Rakata Prime é um mundo desconhecido, mas que foi palco de uma batalha espacial entre piratas e um cruzador da Primeira Ordem durante a Guerra Fria.

LEGENDS – Os desaparecidos Rakata tiveram uma imensa influência na galáxia quando dominavam tudo anos atrás. Porém, atualmente, Rakata Prime, também chamado de Lehon, é um mundo abandonado e cheio de ruínas da maior civilização de toda a História Galáctica.

Localizado numa região pobre e insignificante da galáxia, Rakata Prime é uma “jóia” perdida na escuridão do espaço. O mundo tem sua superfície quase totalmente coberto de água cristalina. Existem algumas ilhas e arquipélagos que ainda possuem as ruínas do povo rakatano. Mesmo sendo desabitado, Lehon é um mundo rico na fauna estrangeira. É bastante comum encontrar várias espécies de animais de outros mundos, como rancors e acklays, que habitam as poucas ilhas do mundo.

Porém, há 10.000 anos atrás, Lehon era a capital do poderoso Império Infinito Rakatano. O planeta era cheio de templos e monumentos. Na sua órbita ficava a Forja Estelar, uma imensa estação espacial criada para produzir satélites e naves de grande porte. Os rakatanos não eram os únicos habitantes do planeta. Havia milhares de escravos (incluindo humanos) que serviam ao seus mestres rakatanos.

Mas, o Império acabou caindo por causa de uma guerra civil entre os rakatanos e uma praga que eliminou os sobreviventes da guerra. Após isso tudo, só Lehon sobreviveu. Aproveitando o caos rakatano, os escravos do planeta se rebelaram e iniciaram um extermínio dos rakatanos de uma vez por todas. Enquanto a elite rakatana escapava para os subterrâneos do planeta, seus guerreiros tentavam acabar com a revolta. A revolta durou mais de 1000 anos. Na órbita, a Forja Estelar desativava qualquer nave desconhecida que se aproximasse do planeta. Após a revolta dos escravos e o extermínio dos rakatanos (na superfície), os próximos habitantes do mundo foram as centenas de tripulantes que sobreviviam após as quedas de suas naves.

Em 3959 ABY, Darth Revan foi para Lehon e reativou a Forja Estelar para contruir uma frota só sua. Esse evento causou a Segunda Guerra Sith e resultou na destruição da Forja Estelar por forças republicanas, lideradas por um Revan reabilitado para o lado da luz.

Após a guerra, a República ocupou Lehon como um troféu da guerra. Uma estação orbital foi estabelecida, mas os rakatanos sobreviventes (no subterrâneo) nunca ganharam uma representação no Senado. O mundo seria classificado como restrito até o ano 1100 ABY, durante os tempos negros da Velha República.

Depois desses períodos sombrios na República, uma expedição foi montada e descobriu que os rakatanos restantes haviam perecidos. E depois que Darth Bane saqueou o Templo dos Antigos, em 1000 ABY, Lehon não tinha mais nenhum segredo para o resto da galáxia.

Fonte: Star Wars – The Essential Atlas (livro).

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *